Ao Vivo
Ao Vivo
Anderson e Adair
Anderson e Adair
Clube 101
09:00 as 12:00
Notícias
Notícias

Rainha do carnaval de Xanxerê, de 17 anos, é morta a golpes de faca

Namorada, de 23, é presa em flagrante.

Rainha do carnaval de Xanxerê, de 17 anos, é morta a golpes de faca

Xanxerê  – A estudante Katiussa Carvalho, de 23 anos, foi presa em flagrante por volta das 02h30min, da madrugada de sábado (03/04) pela Polícia Militar, em uma casa da Rua Dorli Gatto, Bairro Pinheiro, acusada de assassinar Jéssica Lumi, de 17 anos – Rainha do Carnaval de 2010 – a golpes de faca que atingiram a parte frontal do pescoço e as costas da vítima.

Informações iniciais indicam que ambas mantinham relação amorosa e que teriam discutido por ciúmes, ou por tentativa de reatamento do namoro, por parte de Katiussa, que estava na residência da vítima. Jéssica chegou a ser conduzida ao Hospital São Paulo pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

Se confirmada essa versão, o caso seria o primeiro homicídio registrado no município envolvendo chamados casais homoafetivos. Katiussa – que segundo informações iniciais seguiu orientação de seu advogado e deve se pronunciar somente à Justiça – também teria sofrido ferimentos de faca no tórax, mas sem maior gravidade. Versão não oficial atribui à vítima a iniciativa da agressão com a arma branca. Ela teria sido desarmada e em seguida ferida mortalmente por Katiussa.

Os primeiros a chegar no local – chamados por vizinhos que informaram um esfaqueamento – foram os Bombeiros, que socorreram a vítima e a conduziram ao Hospital. Logo a seguir, a Polícia Militar compareceu ao local, prendeu Katiussa e a conduziu à Delegacia de Polícia. Conforme o Delegado de Polícia da Comarca, Fernando Callfass, que preside o inquérito, “ao que consta preliminarmente estavam no local, no momento do crime, a vítima, a sua mãe, uma amiga da vítima, e a suposta acusada. No momento da chegada da PM, a vítima e sua mãe já estavam na ambulância, para serem transportadas ao hospital. Os policiais militares ouviram preliminarmente a suposta acusada e a conduziram à delegacia”. Callfass revela que acionou o Instituo Geral de Perícia (IGP) de Chapecó “que prontamente veio a Xanxerê para fazer a perícia do local do crime, por volta das sete horas. Eles fizeram o trabalho que poderia ser feito na situação encontrada, fazendo a perícia dentro das possibilidades, considerando-se que outras pessoas estiveram no local”, frisa o delegado. Entre os objetos apreendidos pela perícia constam duas facas – que podem ou não terem sido usadas no crime.

Katiussa e Jéssica integravam, juntas, um bloco carnavalesco e uma escola de samba no carnaval deste ano. Informações passadas por pessoas que conheciam a vítima e a acusada afirmam que o namoro havia acabado e que Katiussa tentava reatar a relação com a vítima. Como em todo caso de homicídio, foi aberto um inquérito que ouvirá pessoas envolvidas e será encaminhado posteriormente ao Ministério Público para apresentação de denúncia. A acusada foi encaminhada ao presídio, à disposição da Justiça.

Romeu Scirea Filho - Folha Regional

101 News

 

Travessa João Winckler 15 - Centro
(049) 3433-1110
(049) 3382-2750
Xanxerê, SC - 89820000