Ao Vivo
Ao Vivo
101,3 FM
Cidade, Campo e Canção
07:00 as 14:00
Notícias
Notícias

Número de mortes diminuiu nas estradas em relação ao ano passado


Número de mortes diminuiu nas estradas em relação ao ano passado

O primeiro domingo de 2012 foi marcado por algo que os usuários da BR-101 em Santa Catarina conhecem bem. Filas de cerca de quase 100 quilômetros formaram-se nos trechos Sul e Norte. Por volta das 21h, o congestionamento chegava a 77 quilômetros no Litoral Norte em direção a Curitiba (PR). Quem trafegava em direção ao Sul de Santa Catarina também enfrentou engarrafamento.

Se houve lentidão no retorno dos turistas, por outro lado o número de acidentes fatais diminuiu em relação ao feriado 2010-2011 quando 14 pessoas morreram. De quinta-feira a domingo foram sete os mortos nas estradas federais e estaduais de Santa Catarina.

Mas os números podem aumentar. A Polícia Rodoviária Federal conclui a Operação Ano Novo nesta segunda-feira à meia-noite. A PRF trabalha com dados a partir de 16 de dezembro. Até o dia 31 havia sido registrados 1.091 acidentes com 633 feridos e 32 mortos. No mesmo período do ano passado foram 36 os mortos.

Tráfego intenso era esperado

O trânsito intenso já era esperado pela Polícia Rodoviária Federal, que reforçou a fiscalização para o domingo diante da expectativa de que muitos motoristas deixaram para retornar no domingo, depois de passarem o Natal e o Ano Novo nas principais cidades do Estado, como em Florianópolis.

A exemplo do que ocorreu no retorno do feriadão de Natal, também houve problemas na BR-101 em direção ao sul, em pontos como Morro dos Cavalos, acesso às praias da Pinheira e do Sonho e aos municípios de Imbituba, Laguna e Tubarão. Na BR-470, no Vale do Itajaí, também houve formação de filas. Assim como na BR-280, no Litoral Norte, onde o trânsito ficou lento e se formou filas de 20 quilômetros para quem trafegava de São Francisco do Sul em direção à BR-101.

Na BR-282, no trecho que corta a região serrana, o fluxo de carros foi intenso na tarde de domingo, nos dois sentidos da rodovia. De acordo com a PRF, uma média de 800 carros por hora passaram na rodovia, um aumento de quase 90% comparado aos domingos normais. Vários acidentes foram registrados e atendidos pela polícia, porém, nenhum grave. Colisões traseiras foram as mais comuns, cinco só no período da tarde. Houve também um engavetamento que ocorreu próximo ao posto da PRF, envolvendo quatro veículos. O agente operacional da PRF, Lorivaldo Bocate, disse que esses tipos de acidente acontecem por uma questão básica: falta de atenção dos motoristas.

O trânsito na Capital Florianópolis também ficou complicado. A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) calculou congestionamento na SC-401, que liga o Centro ao Norte da Ilha, em10 quilômetros. No Sul da Ilha, os motoristas enfrentam seis quilômetros de filas na SC-405. No Leste da Ilha, formaram-se filas de até oito quilômetros a partir da da Barra da Lagoa em direção ao Centro.

Sete mortes em SC

— SC-451, Curitibanos
Leoni Ferreira da Cruz, 63 anos, morreu em consequência de uma saída de pista seguida de uma capotagem na SC-451, em Curitibanos. O acidente ocorreu por volta das 18h, sexta-feira, no km 292.

— BR-101, Palhoça
Maricléia Raimundo, 41 anos, morreu por volta das 18h de sábado quando um Fiat Palio bateu de frente em outro carro sobre a ponte do Rio Maciambu, no Km 237m da BR-101.

— SC-415, Garuva
Um andarilho não identificado foi a última vítima de acidentes registrados pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv), às 23h do sábado, 31. O homem foi atropelado por um Audi A3 no Km 5,6 da rodovia SC-415, em Garuva.

— BR-101, São José
Laércio Batista Barros, 37 anos, morreu atropelado na madrugada de sábado, no Km 204,9 da BR-101, em São José. Ele atravessava a rodovia quando foi atingido por um Palio com placas de Blumenau.

— SC-438, São Joaquim
Por volta das 6h de domingo, 1º do ano, o jovem Misael Mateus de Lima, 18 anos, morreu depois que o Uno em que viajava como passageiro saiu da pista e capotou no km 48 da SC-438.

— BR-280, Guaramirim
Marcos dos Santos, 17 anos, morreu ao ser atropelado na BR-280, em Guaramirim, no Norte do Estado, por volta das 2h de domingo. O rapaz atravessava a rodovia a pé quando foi atingido por um automóvel.

— São Lourenço do Oeste
Jonas Campana, 20 anos, morreu às14h15min de quinta-feira, na SC-473, Km 16, em São Lourenço do Oeste, depois que a moto que dirigia se chocou contra outra motocicleta.

DIÁRIO CATARINENSE

Travessa João Winckler 15 - Centro
(049) 3433-1110
(049) 3382-2750
Xanxerê, SC - 89820000