Ao Vivo
Ao Vivo
Vilmar da Costa (Mancha)
Vilmar da Costa (Mancha)
Cidade, campo e canção
17:00 as 19:00
Notícias
Notícias

Governo Estado atrasa repasse de recursos e renovação de convênio com o Hospital Regional São Pa


Governo Estado atrasa repasse de recursos e renovação de convênio com o Hospital Regional São Pa

Desde abril deste ano o Hospital Regional São Paulo – ASSEC, de Xanxerê, não recebe mais o convênio com o Governo de Santa Catarina para subvenção da folha de pagamento da entidade. Já são R$ 2 milhões que deixaram de entrar na receita do Hospital e que podem comprometer o funcionamento caso o convênio não seja renovado. Na última semana, durante uma visita do vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, que cumpria agenda no município, a direção do HRSP formalizou o pedido para que o convênio seja renovado.

Conforme explica o diretor administrativo do HRSP, Fábio Lunkes, a última parcela do convênio com o Estado, no valor de R$500 mil mensais, foi paga com atraso de quatro meses. Até então, a informação do Governo era de o primeiro passo seria a quitação do convênio antigo, em atraso, para poder iniciar um novo acordo. “ A parcela em atraso foi quitada na semana passada, mas não sabemos como vai ficar esse espaço de tempo sem a cobertura do convênio, se o valor virá retroativo ou não. Essa é a nossa preocupação, já são R$ 2 milhões. Onde vamos buscar esses recursos para quitar as pendências desses quatro meses?”, questiona o diretor administrativo.

Desde então, o HRSP busca a renovação do acordo, mas sem sucesso. Os R$ 500 mil mensais cobriam um terço do valor da folha de pagamento de R$1,5 milhão. “Por isso estamos buscando apoio junto as autoridades políticas da região e protocolamos junto ao vice-governador um pedido de apoio ao Governo do Estado para que agilize a realização deste novo convênio, com a possibilidade inclusive de reajustar o valor da subvenção”, explica Lunkes.
Dificuldades

Sem os recursos da subvenção, a direção do Hospital Regional São Paulo tem lutado para conseguir manter os pagamentos em dia e, assim, não haver prejuízo para a população que precisa do atendimento de saúde. A preocupação com o passar dos dias só aumenta, pois caso o Governo não agilize o processo de renovação do contrato, o hospital pode ter que atrasar pagamentos. 
“As dificuldades existem, uma vez que a gente acaba usando economias que estavam previstas para o pagamento do 13º dos colaboradores para pagar gastos com folha e outros itens em função da falta do recebimento das parcelas. Isso compromete todo o caixa do hospital. A preocupação é que em breve teremos que atrasar o pagamento de fornecedores e, quem sabe, na pior das hipóteses, atrasar o pagamento dos funcionários”, prevê o diretor administrativo.

Vice-governador vai avaliar pedido

Com 43 anos de atuação e referência em Alta Complexidade em Cardiologia, o Hospital Regional São Paulo realiza atualmente mais de 96% dos atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e necessita de recursos para o custeio das atividades. Durante a visita ao hospital, na sexta-feira (18), o vice-governador Eduardo Pinho Moreira conheceu a estrutura da entidade e, também, foi informado sobre a situação preocupante do atraso no repasse da subvenção e renovação do convênio. 

Pinho Moreira, que estava acompanhado por parlamentares e lideranças locais do PMDB, se comprometeu em avaliar a reivindicação do hospital. “O pedido do hospital é de que o valor de repasse seja maior em função da grande demanda e, para isso, vamos fazer um estudo junto ao Governo do Estado e a Secretaria de Estado da Saúde para ver a viabilidade de aumentar o valor. Independentemente disso, é importante renovar esse convênio o mais rápido possível pelo serviço de qualidade que o hospital presta e, também, pelo percentual de atendimentos feitos pelo SUS”, afirma o vice-governador.

Assessoria de Imprensa

Travessa João Winckler 15 - Centro
(049) 3433-1110
(049) 3382-2750
Xanxerê, SC - 89820000